terça-feira, 16 de setembro de 2014

Boletim Diário - 16/09/2014

Agenda
Na terça-feira a FGV divulgará a 2ª quadrissemana do IPC-S de setembro, com expectativa de 0,33%, ante variação de 0,21% na semana anterior, devido à aceleração generalizada dos preços. O IBGE anunciará a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) em agosto. Nos EUA sairão os dados relativos ao Índice de Preços ao Produtor (PPI) de agosto e o fluxo líquido de capitais de julho.

Fechamento 15/09
O Ibovespa fechou o pregão desta segunda-feira com alta de 1,74%, aos 57.922 pontos. Com os investidores a espera da divulgação de mais uma pesquisa de intenções de votos. Ações de Petrobras e Vale fecharam com ganho, contribuíndo para a performance do índice.





Fechamento dos Mercados








Índice
Cotação
Variação%








Ibovespa
57.922
1,74%








Dow Jones
17.031
0,26%








Nasdaq
4.518
-1,07%



















Maiores Altas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








RSID3
1,31
5,64%








POMO4
4,26
4,92%








GFSA3
3,25
4,50%








ABEV3
16,02
3,55%








BVMF3
13,09
3,47%



















Maiores Baixas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








GOLL4
13,65
-2,50%








CPLE6
35,6
-1,54%








LREN3
69,78
-0,96%








ELPL4
9,48
-0,94%








ELET6
10,78
-0,91%








fonte: site Onde Investir






Dólar
O dólar fechou em alta de 0,38%, cotado na venda a R$2,344.


Fonte: Onde Investir by Lopes Filho.
Atendimento Souza Barros - São Paulo
(11) 3292-6900 / 0800 77 123 00



Carteira Ibovespa - Fechamento de 15 de Setembro de 2014

Veja abaixo os preços de abertura, máximo, mínimo e fechamento de cada ação pertencente à carteira teórica do índice Ibovespa. Confira também as respectivas variações: diária, semanal, mensal, anual e 12 meses.

Agenda de Hoje - 16/09/2014


8h00 - BRA: IPC-Semanal - 2ª quadrissemana (FGV) / 9h00 - BRA: Pesquisa Mensal de Serviços - Jul (IBGE) / 9h30 - EUA: Índice de Preços ao Produtor (PPI) - Ago / 9h30 - EUA: Núcleo de Índice de Preços ao Produtor - Ago / 10h00 - EUA: Fluxo Líquido de Capitais - Jul.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Flash Mercado - 15/09/2014

Pesquisa Focus
por Ricardo Faria
Continuamos revisando nossas estimativas em relação aos rumos da economia brasileira. Nesta semana não foi diferente, com a pesquisa Focus revisando o crescimento do PIB pela décima sexta semana consecutiva para este ano e também para o próximo ano. O PIB de 2014 passou do crescimento de 0,48% para 0,33%, mesmo após a divulgação do crescimento de 1,5% no IBC-Br de julho, e em 2015, de 1,1% para 1,04%. A produção industrial manteve a projeção de queda de 1,98% neste ano e a expansão de 1,5% no ano que vem.

Sobre a inflação, a estimativa do IPCA se manteve em idêntica variação de 6,29% no biênio. Já os IGPs seguiram em baixa. Neste ano, o IGP-DI passou de 3,8% para 3,77% e o IGP-M de 3,81% para 3,67%, em 2015, mantido em 5,52% e ajustado de 5,58% para 5,50%, respectivamente. Pelo Top5, grupo de instituições que mais acertam nas projeções, o IPCA foi mantido em 5,28% neste ano e está em 6,40% em 2015.

Pelo lado da taxa de câmbio, na ótica do mercado, neste ano diminuiu de R$ 2,33 para R$ 2,30 e em 2015, de R$ 2,49 para R$ 2,45. Pelo Top5, neste ano a previsão está em R$ 2,24 e, em 2015, R$ 2,35. Por fim, a taxa de juros foi mantida em 11,0% neste ano, recuando de 11,63% para 11,50% em 2015. Pelo Top5 foram mantidas as previsões de 11,0% e 12,0%, respectivamente.

Nossa opinião: A Focus vem revisando o crescimento do PIB gradativamente neste ano, principalmente depois da divulgação de dois trimestres consecutivos de variação negativa, recuando 0,6% no segundo trimestre contra o trimestre imediatamente anterior, que foi revisado para -0,2%. Muitos apostam que o crescimento deve ficar próximo a zero ao fim deste ano, podendo crescer no máximo 1% em 2015. Com esta demanda retraída e a boa safra deste ano, os índices de inflação seguem relativamente comportados. Atenção para a taxa de juros e o câmbio neste ano, em revisão, dado o cenário mais benigno da inflação e a economia praticamente parada. 

EUA:
Produção Industrial recua
por Adilson Silva
De acordo com o Federal Reserve (Fed), a produção industrial nos EUA recuou 0,1% em agosto, ante variação de 0,2% no mês anterior. O resultado ficou pior do que as  expectativas do mercado, que apontavam para alta de 0,3%. A produção do setor de manufatura, o maior componente da produção industrial, registrou recuo de 0,4%.                 

Ainda de acordo com o documento, a utilização da capacidade instalada atingiu 78,8% no período, ficando abaixo das estimativas (79,3%). Na comparação com o mês anterior, houve queda de 0,3 p.p..

Índice Empire State avança
por Adilson Silva
O índice Empire State de atividade industrial na região de Nova York, medido pelo Federal Reserve local, atingiu 27,54 em setembro, de 14,69 em agosto. Era esperado que o índice atingisse 16,0. O subíndice de novas encomendas avançou para 16,86 em setembro, de 14,14 em agosto. O subíndice de embarques subiu para 27,08, de 24,59, segundo o relatório. O índice de emprego declinou para 3,26, de 13,64.





Fechamento dos Mercados








Índice
Cotação
Variação%








Ibovespa
57.792
1,51%








Dow Jones
17.040
0,31%








Nasdaq
4.526
-0,90%



















Maiores Altas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








RSID3
1,3
4,83%








GFSA3
3,25
4,50%








POMO4
4,23
4,18%








BVMF3
13,05
3,16%








ABEV3
15,94
3,03%



















Maiores Baixas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








GOLL4
13,61
-2,78%








CPLE6
35,45
-1,82%








ELET6
10,72
-1,47%








JBSS3
9,46
-1,25%








ELPL4
9,45
-1,14%








fonte: site Onde Investir





Dólar:
O dólar comercial opera com alta de 0,29%, cotado na venda a R$ 2,342.


Fonte: Onde Investir by Lopes Filho
Atendimento Souza Barros – São Paulo
(11)3292-6900 / 0800 77 123 00

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...