quarta-feira, 1 de julho de 2015

Flash Mercado - 01/07/2015

IPC-S encerra junho a 0,82%
por Ricardo Faria
O IPC-S assinalou desaceleração na 4ª quadrissemana de junho, passando de 0,83% na quadrissemana anterior para 0,82% nessa aferição, mas avançou em relação ao encerramento de maio (0,72%). O indicador registrou novos ajustes nos preços administrados e diluição do repasse em outro.

Grupos. Dentre os oito grupos pesquisados apenas três registraram desaceleração de preços na comparação com a semana anterior, com destaque para Despesas Diversas (de 6,08% para 3,70%), motivado pelo item jogo lotérico (de 48,77% para 29,26%). Os demais grupos tiveram os seguintes desempenhos: Alimentação (de 0,98% para 0,88%), Habitação (de 0,70% para 0,88%), Vestuário (de 0,44% 0,48%), Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,79% para 0,67%), Educação, Leitura e Recreação (de 0,52% para 0,87%), Transportes (de 0,23% para 0,39%) e Comunicação (de 0,33% para 0,47%).

Outros itens que tiveram influência no decréscimo do índice, que foram: tomate (-18,7%), cenoura (-14,92%), tangerina (-15,35%), laranja-pera (-5,21%) e etanol (-0,85%).

Nossa opinião. Contrariamente do que ocorreu em semanas anteriores, com a disseminação se reduzindo gradualmente, ainda vem ocorrendo reajustes de preços no IPC-S. Dessa forma, acreditamos que o IPC-S se manterá em patamar elevado ao longo das próximas aferições de julho, em torno de 0,70% e 0,80%.

EUA:
Gastos com construção
por Adilson Silva
De acordo com o Departamento do Comércio, os gastos em construção nos Estados Unidos subiram 0,8% em maio ante abril, para US$ 1,036 trilhão, o maior patamar desde outubro de 2008. O resultado superou a previsão dos analistas, de alta de 0,5%. Além disso, o dado de abril ante março foi revisado para avanço de 2,1%, ante alta de 2,2% na leitura original.

Índice de atividade industrial
por Adilson Silva
De acordo com o Instituto para Gestão de Oferta (ISM) o índice de atividade de gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial dos EUA, avançou para 53,5 em junho, de 52,8 em maio. O resultado ficou pouco acima da previsão do mercado (53,2).

O subíndice de estoques avançou para 53,0 em junho, de 51,5 em maio, enquanto o subíndice de novas encomendas subiu para 56,0, de 55,8, e o subíndice de preços ficou estável em 49,5.

Postos de Trabalho no setor privado
por Adilson Silva
A ADP Employment informou a criação de 237 mil vagas no setor privado norte-americano em junho, acima do volume registrado no mês imediatamente anterior (203 mil). Além disso, o indicador também foi superior à previsão média do mercado, que apontava para criação de 220 mil vagas criadas.

Europa:
Fechamento dos mercados da Europa
por Thiago Garcia
Os mercados europeus registraram alta expressiva na sessão desta quarta-feira. A tendência altista em meio ao entusiasmo dos investidores com notícias de que a Grécia estaria cedendo nas negociações com os credores. No entanto, autoridades europeias afirmaram que as ofertas feitas ontem pelos gregos não são suficientes. Além disso, o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, voltou a defender hoje que a população vote "não" no plebiscito de domingo, em um anúncio na rede de televisões helênica.

Na agenda de divulgações econômicas da região, o índice de gerentes de compras (PMI) do setor industrial da Zona do Euro atingiu 52,5 pontos em junho, ante 52,2 pontos em maio. O resultado representa o maior nível desde abril de 2014 e veio em linha com as expectativas do mercado.





Fechamento dos Mercados








Índice
Cotação
Variação%








Ibovespa
52.744
-0,63%








Dow Jones
17.733
0,65%








Nasdaq
5.006
0,40%



















Maiores Altas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








QUAL3
20,48
3,91%








CTIP3
35,34
3,70%








MULT3
48,87
2,79%








LAME4
17,75
2,36%








CCRO3
15,22
2,08%



















Maiores Baixas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








GOAU4
6,04
-5,18%








GGBR4
7,15
-4,54%








BRKM5
13,03
-4,33%








PETR4
12,2
-4,01%








OIBR4
5,63
-3,76%





Dólar:
O dólar comercial opera com alta de 1,13%, cotado na venda a R$ 3,144.


Fonte: Onde Investir by Lopes Filho, site Exame, site InfoMoney.
Atendimento Souza Barros – São Paulo
(11)3292-6900 / 0800 77 123 00

Boletim Diário - 01/07/2015

Agenda
Na quarta-feira a FGV anunciará o IPC-S da 4ª quadrissemana de junho, com previsão de 0,80% contra 0,83% na semana anterior. O MDIC divulgará o resultado da balança comercial de junho. Nos EUA sairão os dados dos pedidos de hipotecas na MBA na semana até 27/junho, as demissões corporativas de junho, os postos de trabalho criados no setor privado no mesmo mês, os gastos/investimentos na construção em maio, o Índice de Atividade Industrial (ISM) de junho, o estoque de petróleo na semana até 27/junho e as vendas de automóveis em junho.

Fechamento 30/06
O Ibovespa fechou o pregão desta terça-feira em alta de 0,13%, aos 53.081 pontos, acompanhando a performance dos mercados norte-americanos. Na Europa, temores com relação à Grécia, mesmo após a apresentação de uma nova proposta de acordo, pesaram sobre os mercados da região.





Fechamento dos Mercados








Índice
Cotação
Variação%








Ibovespa
53.081
0,13%








Dow Jones
17.619
0,13%








Nasdaq
4.986
0,57%



















Maiores Altas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








ESTC3
18
4,65%








GFSA3
2,39
3,91%








CIEL3
43,82
3,66%








SBSP3
16,5
3,18%








SMLE3
52,69
3,13%



















Maiores Baixas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








BRAP4
10,52
-5,05%








VALE3
18,29
-4,73%








USIM5
4,12
-4,62%








GOAU4
6,37
-4,35%








VALE5
15,58
-4,12%





Dólar
O dólar fechou em queda de 0,34%, cotado na venda a R$ 3,109.


Fonte: Onde Investir by Lopes Filho, site Exame, site InfoMoney.
Atendimento Souza Barros - São Paulo
(11) 3292-6900 / 0800 77 123 00

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...