segunda-feira, 30 de março de 2015

Flash Mercado - 30/03/2015

IGP-M registra 0,98% em março
por Ricardo Faria
O IGP-M de março acabou próximo a nossa projeção (0,95%), registrando 0,98%, maior que o mês anterior (0,27%), em função, principalmente, da aceleração dos preços dos alimentos no atacado e no varejo. No ano, o índice acumula alta de 2,03% e 3,16% no acumulado em doze meses.

No atacado. No início da cadeia produtiva, o IPA-M registrou 0,92% contra -0,09% no mês anterior, com destaque para Produtos Agropecuários (de -0,06% para 2,47%) e Matérias-Primas Brutas (de -1,32% para 2,02%), principalmente, em função dos itens soja em grão (de -6,39% para 8,30%), minério de ferro (de -3,52% para 1,19%) e milho (de -1,08% para 3,75%). Os preços industriais também aceleraram, de -0,10% para 0,33%, mas o estágio de Bens Finais desacelerou de 1,18% para 0,65%.

No varejo. O IPC-M assinalou 1,42%, acima da variação do mês anterior (1,14%). Dentre os oito grupos pesquisados, apenas três registraram aceleração, que foram em ordem de maior contribuição: Habitação (de 1,19% para 2,93%), Alimentação (de 0,92% para 1,10%) e Saúde (de 0,39% para 0,72%), motivados pelos itens tarifa de eletricidade residencial (de 3,68% para 16,84%), laticínios (de -1,47% para 0,47%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (de -0,66% para 1,40%), respectivamente.

Custo de Construção. O INCC-M passou de 0,50% em fevereiro para 0,36% em março, influenciado pelo item Materiais, Equipamentos e Serviços (de 0,77% para 0,41%).

Nossa opinião. A nossa expectativa para o IGP-M neste ano é de inflação maior do que em 2014 (3,69%), em torno de 6,50%. Contribuirá para isto os choques de ofertas provocados pelos reajustes dos preços administrados, o impacto dos impostos nos preços finais e os repasses cambiais aos preços.

EUA:
Gastos com consumo
por Adilson Silva
De acordo com o Departamento do Comércio dos EUA, o índice de preços de gastos dos consumidores avançou 0,1% em fevereiro, com relação ao mês anterior, ante expectativa de recuo de 0,2%. A renda pessoal avançou 0,4% na mesma base de comparação, ficando acima das expectativas que seriam de avanço de 0,3%.

Os gastos com consumo representam 70% da atividade econômica norte-americana e são um importante motor do crescimento econômico. 

Europa:
Fechamento dos Mercados da Europa
por Thiago Garcia
Os principais mercados europeus registraram valorização na sessão desta segunda-feira, ainda refletindo discurso da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, na sexta-feira, quando a autoridade disse que ainda não é hora de elevar os juros norte-americanos e que estes ajustes devem começar este ano, mas de forma gradual. Além disso, nova desvalorização do euro frente ao dólar e indicador positivo divulgado na Zona do Euro também contribuíram para a tendência altista nas praças europeias.

O índice de sentimento econômico da Zona do Euro, que mede a confiança de diversos setores corporativos e dos consumidores, subiu para 103,9 pontos em março, de 102,3 pontos em fevereiro. Com isso, o indicador atingiu o maior nível desde junho de 2011.

Neste contexto, nem mesmo temores relacionados à dívida da Grécia foram suficientes para levar os mercados ao campo negativo.  Hoje termina o prazo para que o governo grego apresente as propostas de reformas e chegue a um acordo com os credores. Uma aprovação do projeto é crucial para que o país mediterrâneo consiga acessar recursos e afaste a possibilidade de calote.





Fechamento dos Mercados








Índice
Cotação
Variação%








Ibovespa
51.120
2,05%








Dow Jones
17.994
1,59%








Nasdaq
4.945
1,10%



















Maiores Altas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








CESP6
24,14
7,09%








BRML3
16,9
5,75%








ENBR3
10,37
4,64%








GGBR4
10,35
4,12%








ESTC3
18,8
4,09%



















Maiores Baixas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








OIBR4
5,53
-6,11%








QUAL3
22,95
-2,34%








BRKM5
11,11
-1,59%








BRFS3
62,75
-0,83%








SBSP3
16,72
-0,77%





Dólar:
O dólar comercial opera com baixa de 0,58%, cotado na venda a R$ 3,222.


Fonte: Onde Investir by Lopes Filho, site Exame, site InfoMoney.
Atendimento Souza Barros – São Paulo
(11)3292-6900 / 0800 77 123 00

Boletim Diário - 30/03/2015

Agenda
Na segunda-feira, além da divulgação da pesquisa semanal Focus referente aos indicadores da economia do Bacen, a FGV anunciará o IGP-M de março, com previsão de alta de 0,95%, ante inflação de 0,27% no mês anterior, motivada pela significativa aceleração de preços do IPA-M. Nos EUA serão divulgados os dados renda e gasto pessoal, o Índice de Preços dos Gastos com Consumo (PCE) e o total das vendas pendentes de imóveis, todos de fevereiro.

Fechamento 27/03
O Ibovespa fechou o pregão desta sexta-feira com queda de 0,96%, aos 50.094 pontos, com os investidores atentos às divulgações do PIB norte-americano e nacional.





Fechamento dos Mercados








Índice
Cotação
Variação%








Ibovespa
50.094
-0,96%








Dow Jones
17.712
0,19%








Nasdaq
4.891
0,57%



















Maiores Altas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








PDGR3
0,5
4,16%








OIBR4
5,89
3,69%








FIBR3
44,19
3,29%








NATU3
26,2
2,22%








LREN3
87,97
1,99%



















Maiores Baixas Ibovespa








Ativo
Cotação
Variação%








GOAU4
10,55
-9,13%








GGBR4
9,96
-8,95%








CSNA3
5,61
-7,27%








BRPR3
13,13
-7,01%








SBSP3
16,93
-4,88%





Dólar
O dólar fechou em baixa de 1,55%, cotado na venda a R$3,241.


Fonte: Onde Investir by Lopes Filho, site Exame, site InfoMoney.
Atendimento Souza Barros - São Paulo
(11) 3292-6900 / 0800 77 123 00

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...